Netiqueta: prazer em conhecê-la!

Por Ju Tolêdo

Esse tema vive rondando minha cabeça, porque bom senso e etiqueta cabem em qualquer lugar. Então escolhi nove dicas educadas para partilhar com vocês. São elas:

  1. Evite letras maiúsculas. Exceto em casos especiais de ênfase, elas demonstram que você está GRITANDO! Se você não GRITA com as pessoas pessoalmente, não GRITE aqui também.
  2. Respire fundo e espere a raiva passar. Não derrame suas insatisfações pessoais e opiniões na rede. Geralmente, fofoca e baixaria chamam a atenção. Se chamar atenção é seu objetivo, a qualquer custo, vá em frente! Mas lembre-se que sua imagem profissional fica abalada cada vez que as pessoas veem em você alguém histérico, reclamão, desequilibrado, parcial, fofoqueiro… Deixe para falar mal do seu ex entre amigos íntimos.
  3. Seja ético e moral. Não são raras as histórias de empresas que não admitem candidatos a empregos com base nas páginas que curtem no Face, como “Odeio segundas-feiras”, “Os espertos é que são felizes”, “Bebo até cair” ou coisas do tipo. Isso sem falar nas demissões ocasionadas por twittes e posts infelizes. No Brasil ficaram famosos os casos da Locaweb e da Editora Abril.
  4. Interaja. Sempre responda seus seguidores, amigos e fãs. Esta atitude é tão educada quanto respeitosa. Se as pessoas te procuram é porque desejam conversar, chamar sua atenção ou saber sua opinião. O mesmo vale para os emails. Ninguém gosta de ser ignorado, não é mesmo?
  5. Preocupe-se com as cores. Elas devem ser usadas para chamar atenção, e não para confundir o leitor. O mesmo serve para tamanho das fontes, sublinhados, negritos e outros destaques. Mau gosto não mata, mas espanta.
  6. Não assassine o português. Apesar da informalidade que a internet estimula, lembre-se que você precisa comunicar-se de maneira eficiente, respeitar quem lê e transmitir credibilidade. E para isso tudo, os acentos e pontos são fundamentais. Detalhe: só escreva em outras línguas se solicitado. E, invariavelmente, esqueça o “miguxês”: “bjux”, “naum” e “xau xau” são para conversas informais. Se gostar, use apenas entre amigos.
  7. Se for sair de uma conversa, seja no Skype, chat, MSN… despeça-se. Afinal de contas, não é educado desligar o telefone na cara de ninguém. Porque, neste caso, seria diferente?
  8. Ao publicar textos que não são de sua autoria, cite a fonte e o autor. Ele gostará de ser citado e de ter seu trabalho divulgado. Além de ser uma atitude ética, esta poderá ser a oportunidade para que você ganhe um novo seguidor para seu blog ou até mesmo um parceiro para seus projetos.
  9. Ao encaminhar e-mails apague a listagem de remetentes anteriores. Essa simples ação miniminiza a proliferação de vírus e spans. E ao escrever e-mail para várias pessoas, a não ser que seja um grupo definido ou discussão, use sempre cópia oculta (CCO). Assim nenhum endereço fica aparente.

Este assunto ainda dá "muito pano prá manga", não é? Tenho certeza disso, afinal de contas... ...é a sua imagem que está em jogo cada vez que você entra na rede.

One Response to “Netiqueta: prazer em conhecê-la!”

  1. Fernando Soares disse:

    Ju, adorei o que escreveste. As pessoas precisam entender o significado de relações humanas e relações interpessoais, de educação, ética, respeito, cidadania, empatia, e por aí vai.
    Parabéns, nota 10.
    Beijos.
    Fernando (Fefos).

Leave a Reply